Meus 21 anos

Desalento e desencanto. A passagem definitiva para a vida adulta é constituída basicamente destas duas coisas. Não tenho mais ídolos, nenhum disco novo de nenhuma banda de rock faz a minha cabeça, não há mais a emoção do amor juvenil. Antigamente, solos de guitarra distorcida me faziam ter verdadeiras experiências estéticas, em que sentia que aquele trecho da música comunicava sem dizer uma única palavra, mas tudo hoje é envolvido por uma espessa nuvem de cansaço, sono e impaciência.

Não rio do que eu ria antes, não me emociono com as mesmas coisas e sem dúvida não me emociono com a mesma intensidade. Não vivo mais epopeias e grandes dramas, no máximo historietas de 30 segundos, no formato comercial. Não gosto mais de filmes grandiosos, com grandes batalhas épicas, pois só filmes de pessoas conversando me satisfazem hoje. Substituí confrontos de espadas e flechadas por relatos amargos da vida, raramente esperançosos.

Também deixei de enfatizar o prazer ao escolher o que fazer. Funcionalidade e retorno. Para quê escrever coisas meramente idiossincráticas num blog pessoal, tocar Heavy Metal na Bahia dentro do quarto e fotografar para o meu próprio gosto apenas? Quero mais é deixar a guitarra encostada na parede e fotografar margarina e pasta de dente. Até mesmo o prazer deve ser racionalizado. 30 minutos de conversa com o amigo, uma hora para a namorada, 20 minutos para jogar emulador de Super Nintendo. É  a cota de sanidade posta numa fôrma, com as arestas aparadas, bem encaixada na agenda e cada vez mais desanimadora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: