Uma pseudo-equipe!

agosto 30, 2008

Respondendo o tópico anterior ficar em oitavo está muito bom! Mas, mesmo com o resultado desastroso,de goleada dentro da casa improvisada,a soturna, lúgubre e macabra Feira de Santana ( nunca vi lugar para dar tanto azar!), podemos chegar a algumas constatações importantes :

– Não há corpo-mole, a ruindade é latente!

– A anedota do “Tirou um burro e botou um cavalo” também funciona no inverso (tanto faz…)

– Darci é outro pseudo,só que goleiro

– A diretoria entende tanto de futebol quanto eu entendo de física quântica

– Paulo Roberto não demora nas bandas do Fazendão, pois seguindo a lógica da nossa diretoria jogador bom e da base vende-se ao menor preço possível,e o para substituí-lo trazer o pior possível pelo maior preço (pelo menos declarado, já que a diferença financia viagens ao Velho Mundo)

– E por fim, toda esta lástima, ainda estragou meu planejamento para hoje, sairia com o manto tricolor, mas tive que encarar o Gran Monde trajando uma camisa azul bizarra! (Isto foi o pior de tudo)


O mau-humor e o questionamento.

agosto 29, 2008

Com um mínimo conhecimento sobre mim constatam meu inúmero ataques de mau-humor,em que fico com a feição característica e aqueles outros sinais bem convencionais. Apesar de socialmente condenáveis,considero-os fundamentais para o questionamento racional que tento desempenhar,mister para ser o que sou.

O descontentamento é o princípio da própria índole contestadora,de negação do que já foi concebido anteriormente, e justamente isto é combatido, já que o ideal para a manutenção da ordem, das forças conservadoras de imobilismo e medo, é a alegria do asno servil, feliz em ser açoitado e puxar carroças.

O crescimento pessoal independe da vontade e aceitação alheia. Logo, para o senso-comum sou um deslocado no tempo, utópico, anti-social, chato em suma. Deve-se ser assim, é o natural, o desconhecido e a mudança são as maiores fontes dos sentimentos de decadência. Porém, ao notar isto, sinto uma grande satisfação interna. É um prazer único causar este tipo de reação. O estranhamento geral é o atestado de validade de minha luta. Ao ser chato, subentende-se pensamento.


Bahia x Santo André

agosto 28, 2008

Sexta-feira,29 de agosto de 2008, será realizada a partida entre Bahia e Santo André.Após um péssimo resultado em Fortaleza, que acabou por ocasionar a queda de Arturzinho, o Bahia reencontrou o bom futebol (quer dizer,encontrou,pois não tinha nem sentido o cheiro dele este ano!) e venceu ( não goleou como alguns dizem) por 3 x 0 o natimorto América de Natal.Também se não vencesse seria a confirmação da ida à Série C,que, se “papai do céu”(by Arturzinho) quiser, não irá acontecer.

O Santo André ( sim,aquele que quebrou o “Menguinho” na Copa do Brasil e se tornou um vencedor de torneio nacional,ao contrário de determinados times baianos) vem numa crescente,apesar do time formado por craques dos anos 80. Tanto que integra atualmente o G4,ocupa a quarta colocação,com 37 pontos, 5 a mais que o Bahia.

Pois bem,se vencer dá para confiar um pouco (mas não muito,já que Bahia com confiança é sinônimo de que não vai dar certo),se empatar normal! Empate em Feira de Santana é algo presente,se tiver chance rola empate com certeza! Agora se perder… o oitavo lugar fica até cômodo!

Meu palpite : Bahia 6 . 10²³[1 mol] x 0 Santo André!


Primeira postagem…

agosto 22, 2008

Pois bem,apresentação…Geralmente minhas apresentações não são lá muito marcantes,mas vou partir do pressuposto que quem lerá isto não leva aquela máxima em consideração à impressões.Breve atualizarei com vários textos,alguns já escritos anteriormente, outros brotados instantaneamente da mente deste moço que vos fala (aí no caso depende do grau de criatividade do dia!).Bem-vindos ao Blog do Mafra! ( nada criativo isso…)